Plantão

Mulher é encontrada morta e sobrinha suspeita do companheiro da vítima, na Paraíba



Uma mulher, identificada como Maria de Fátima, de 56 anos foi encontrada morta dentro de casa no bairro do Geisel, em João Pessoa. O companheiro dela afirma que a morte foi natural, mas uma sobrinha da falecida questiona e acusa o homem de ter assassinado a própria mulher, que foi encontrada deitada de bruços em cima da cama. O caso aconteceu na última quarta-feira (13). 



De acordo com a sobrinha da vítima, Sidneya das Graças, embora o companheiro tenha dito que a tia dela morreu durante a madrugada, o homem só comunicou sobre a morte cerca de seis horas depois. “Uma agente de saúde que é nossa amiga passou em frente a casa deles às 9h da manhã e ele falou de forma bem natural que ela tinha morrido de madrugada. E se ela morreu durante a madrugada, porque ele demorou tanto pra avisar que minha tia estava morta?”, questionou.



Sidneya ainda afirmou que o relacionamento da tia com o homem era bastante conturbado, já que ele seria uma pessoa muito violenta, inclusive chegando a agredir Maria do Socorro.



O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) e a Polícia Civil foram acionados e, segundo a perícia, a vítima, de fato, havia morrido há mais de seis horas. O suspeito foi levado para a Central de Polícia, onde o caso será investigado.


Notícia Paraíba

Nenhum comentário: