Plantão

Petrobras anuncia redução do preço da gasolina aos distribuidores



A Petrobras anunciou nesta terça-feira, 14, a redução do preço médio da venda da gasolina A para as distribuidoras de R$ 3,19 para R$ 3,09 por litro, refletindo redução média de R$ 0,10. A redução de 3% começa a valer a partir desta quarta-feira, 15. “Considerando a mistura obrigatória de 27% de etanol anidro e 73% de gasolina A para a composição da gasolina comercializada nos postos, a parcela da Petrobras no preço da gasolina na bomba passará a ser de R$ 2,26 a cada litro em média. Uma redução de R$ 0,07”, informou a estatal. Segundo a Petrobras, a redução é reflexo da cotação do petróleo no mercado internacional e na estabilização da desvalorização do real ante o dólar. “Esse ajuste reflete, em parte, a evolução dos preços internacionais e da taxa de câmbio, que se estabilizaram em patamar inferior para a gasolina”, informou. O corte ocorre mais de uma semana após o presidente Jair Bolsonaro (PL) anunciar que a Petrobras iria fazer reajuste de preços, no último dia 5. A estatal rebateu no dia seguinte afirmando que não havia decisões sobre uma possível redução dos preços.



O último reajuste praticado pela empresa foi em outubro, quando o valor da gasolina aumentou R$ 0,21, passando para R$ 3,19 o litro, e o diesel sofreu acréscimo de R$ 0,28, passando para R$ 3,34. Desde o início do ano, a gasolina sofreu acréscimo de 68% no valor cobrado aos distribuidores, passando de R$ 1,84 na virada do ano para o atual patamar. Já o diesel registrou alta de 65%. Os combustíveis são um dos principais vilões para a inflação em 2021. Segundo dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), o segmento registrou alta de 45,2% até novembro. O índice foi puxado pelo avanço de 67,4% do etanol, 42,7% da gasolina e 41,3% do óleo diesel.

Nenhum comentário: