Plantão

Magalu, Americanas e mais 7 lojas são autuadas por irregularidades na Black Friday, na Paraíba



Pelo menos, nove lojas foram autuadas pelo Procon em João Pessoa por irregularidades durante a Black Friday. A fiscalização, realizada pela Secretaria Municipal de Proteção e Defesa do Consumidor de João Pessoa (Procon-JP), visitou 12 estabelecimentos comerciais na capital. Foram 347 produtos que tiveram seus preços avaliados.



A chefe de fiscalização do Procon-JP, Mariana Teixeira, fez um balanço da ação e destacou que as irregularidades mais cometidas nas lojas foram a falta de sinalização dos produtos que estavam em promoção na Black Friday, falta do preço anteriormente praticado, além de publicidade enganosa, já que alguns produtos estavam com o valor mais alto que a média do mercado.



“Ainda existem grandes empresas infringindo o Código de Proteção e Defesa do Consumidor. A maioria das lojas autuadas infringiu a legislação quanto à falta de informação, bem como pela publicidade enganosa. Foram autuadas nove lojas e seguimos orientando os consumidores a denunciarem qualquer prática infração que verificarem nas lojas de João Pessoa”, destacou.



Os estabelecimentos visitados foram: Magazine Luíza (duas lojas no Centro e uma em Manaíra), Casas Bahia (Centro), Lojas Americanas (Centro e Manaíra), Big Bompreço (Centro), Riachuelo (Manaíra), Lojas Marisa (Manaíra), Extra (Tambauzinho), Carrefour (Aeroclube) e Atacadão dos Eletros (Centro).



O consumidor que se sentir lesado pode entrar em contato com o Procon-JP através de seus canais de atendimento. Pelo 0800-083-2015, pelo WhatsApp 98665-0179 ou pelo Instagram @procon-jp.



Em Campina Grande, o dia da Black Friday movimentou a cidade. As lojas e shoppings ficaram cheias durante todo o dia, com os consumidores buscando aproveitar as vantagens oferecidas na promoção.



O coordenador do Procon de Campina Grande, Saulo Muniz, explicou que fiscais da autarquia realizaram o monitoramento de preços de produtos comercializados em Campina Grande desde o início de novembro.



“Montamos uma tenda na Praça da Bandeira e vamos estar de 8h às 17h, para que o consumidor possa prestar sua denúncia ou reclamação, caso tenha sido lesado decorrente de algum desconto referente à Black Friday”, disse Muniz.



Os consumidores também podem fazer reclamações por meio dos canais de comunicação do Procon ligando para o número 151, pelo site do procon.campinagrande.pb.gov.br e pelas redes sociais da autarquia.



PB Agora


Nenhum comentário: