Plantão

Compre no AMAZON, o Site mais seguro mundo!

Os Melhores Preços no AMAZON

27 outubro 2021

CORRUPÇÃO 3 BRASIL 0 ; Por João Filho



O Brasil tem Presidente, mas quem realmente governa é o STF e o Congresso. 

A Justiça brasileira prendia corruptos após condenados em segunda instância... Hoje não prende mais e, anula processos de corruptos, delações, investigações e provas. Consequentemente solta todos os corruptos presos! 

No Brasil existe o Foro Privilegiado, ou seja, autoridades do judiciário e políticos com mandatos, mesmo que cometam crimes, são protegidos pela Lei e não podem ser presos, salvo em raras exceções. Para os Supremos (STF), não há exceções (e a Constituição? Dá-se um jeito) e nem jurisprudência que eu conheça... São intocáveis! 

Quem decide se as decisões do Governo, do Congresso e do Judiciário são criminosas ou não? 

Se um Juiz do Supremo (STF), por exemplo, toma decisões que infringem a Constituição (cometendo crime), só o Senado pode contestá-los ou mesmo aprovar o seu impeachment, seu afastamento. 

Se um político do Congresso Nacional comete qualquer crime, como tem Foro Privilegiado, só o STF pode mandar prendê-lo ou obrigar o próprio Congresso a tirar seu mandato. (Nesses casos já há jurisprudência... Só estar por dentro de nossa História recente). 

Assim, o Poder, de verdade, está com o Judiciário e com o Congresso (o Poder Legislativo). O Poder Executivo pode ser controlado, fiscalizado, investigado e até impeachmado pelo Judiciário e pelo Congresso. 

Desse modo (realidade), só pode ser impeachmado o Presidente. 

Ora, o Senado não vai impeachmar um Juiz do Supremo, pois os membros do Senado podem ser presos (a maioria são corruptos) pelo Supremo. Lá seu Foro Privilegiado não os protege. Nesse toma-lá-dá-cá, o STF e o Senado são imunes às nossas Leis (Que eles mesmos criaram). 

O placar de 3X0 para a corrupção, no "jogo" contra o Brasil tem os seguintes "goleadores": 

No primeiro tempo o STF fez 1X0 ao decidir que todo processo de Impeachment será conduzido pelo STF numa "jogada" com o Senado. 

Ainda no primeiro tempo, o STF, numa "tabela" com o Senado, acaba com a "zaga brasileira", proibindo a prisão em segunda instância: 2X0! 

O terceito gol foi estratégico. Apesar da resistência da "seleção brasileira", (de apenas alguns "jogadores"), o Foro Privilegiado está mantido em campo e segue protegendo, em especial os "jogadores corruptos". Em uma "bicicleta dupla", o STF e Senado fizeram seu terceiro gol: 3X0!  

Neste "jogo", ou melhor, nesta derrota acachapante, qual é o papel do POVO, ou seja, da TORCIDA? 

Uns aplaudem os vencedores corruptos, afinal foi uma goleada! 

Outros, questionam as regras! Gritam: Juiz Ladrão! "Cartolas" corruptos! 

Mas, os "comentaristas" (a mídia tradicional e cheia de narrativas), afirma: O "jogo" seguiu as regras, o "time" vencedor escolheu a melhor estratégia, soube "envolver os adversários", a vitória é indiscutível e, quem não aceitar poderá ser preso! 

O torcedor, derrotado, humilhado e ameaçado, se enrola em sua bandeira "verde e amarela", engole o choro e vai nas Redes Sociais reclamar! hehe


Por João Filho

Nenhum comentário: