Plantão

Compre no AMAZON, o Site mais seguro mundo!

Os Melhores Preços no AMAZON

03 agosto 2021

O QUE É VOTO IMPRESSO AUDITÁVEL? Por João Filho



Primeiro: Não engula a ideia idiota de que voltaremos a votar em cédulas de papel. Isso é uma Fake News que o TSE (Tribunal Superior Eleitoral) quer te empurrar de garganta abaixo! 


O VOTO CONTINUA SENDO NA URNA ELETRÔNICA! 


Segundo: A única coisa que muda é que depois que você votar na Urna Eletrônica, confere em quem votou na tela da urna e em seguida, seu VOTO será impresso e, automaticamente, depositado em  uma urna à parte. Você não levará para sua casa o comprovante do seu voto, pois ele ficará em uma urna lacrada. É isso que possibilita, em última instância, que o VOTO, seja AUDITADO, ou seja, através da contagem pública (cada mesa receptora pode fazer isso, em no máximo, 30 minutos... Imprime os boletos de urna e entrega a cada fiscal de partido). Isso se tornou necessário porque não há garantia de que o voto que saiu da urna eletrônica seja o mesmo que chega no terminal de controle (essa é apenas uma das possibilidades, há outras), conforme indicam os testemunhos de especialistas no atual sistema eletrônico que usamos no Brasil. Informações já amplamente veiculadas. 


Terceiro: Se o sistema eletrônico que usamos é completamente seguro e não pode ser fraudado, conforme garante o TSE (pequeno percentual da população confia nessa Instituição - infelizmente - Mas, as razões têm a ver com seu histórico de decisões (TSE e STF), que desconsidera a vontade popular, por mais lógica (ou legal)  que seja... Então qual o problema de se implementar mais uma camada de transparência - a impressão do voto - mais uma garantia de que as eleições são idôneas e justas? 


Ninguém entende esse posicionamento de uma Instituições que deveria ser a primeira a querer provar que o voto na urna eletrônica, é o mesmo que foi contado e que pode ser conferido, pois há um comprovante impresso, guardado em urna lacrada, que garante que sua vontade, sua escolha, seu voto, foi respeitado. 


Aí entra a velho ditado: "Quem não deve, não teme!" 


Parece que os senhores têm medo de que se descubra o que 'vocês fizeram nas eleições passadas!' 


Seria este o problema que os faz tão autoritários em não querer respeitar a vontade da maioria e permitir que o voto siga na urna eletrônica, porém com um comprovante impresso guardado? 


Será que os "deuses supremos" não são tão "deuses" em honestidade e Democracia?


Por João Filho

Nenhum comentário: