Plantão

Compre no AMAZON

Os Melhores Preços no AMAZON

01 junho 2021

Santos vence o Cianorte e fica perto da quarta fase da Copa do Brasil

Vivendo uma temporada conturbada até aqui, o Santos não deu chance para a "zebra" e estreou bem na Copa do Brasil. Jogando um bom futebol, com muito volume ofensivo, a equipe venceu o Cianorte por 2 a 0, fora de casa, e encaminhou a vaga na quarta fase da competição.

A diferença técnica entre os times ficou evidente desde o início. Logo no primeiro minuto, os paulistas ficaram reclamando muito de um suposto pênalti em Marinho.

A pressão seguiu intensa. E o placar foi aberto aos 23. Luan Peres arriscou de longe. Bruno espalmou, mas, no rebote, Kaio Jorge finalizou com categoria e fez 1 a 0.

Após o intervalo, o Peixe continuou melhor e colecionou chances perdidas, sendo as mais claras com Gabriel Pirani e Marinho, além de Marcos Guilherme, que acertou a trave após excelente defesa de Bruno.

De tanto pressionar, o Alvinegro marcou o segundo. Aos 34, Kaio Jorge cruzou para Marinho. No primeiro chute, a bola desviou na zaga. No rebote, ele mandou para o gol.

O jogo de volta está marcado para a próxima terça-feira, na Vila Belmiro. Antes disso, também em casa, o Santos encara o Ceará, no sábado, buscando a sua primeira vitória no Brasileirão.

CIANORTE 0 X 2 SANTOS

Local: Estádio Municipal Olímpico Albino Turbay, em Cianorte (PR)
Data-Hora: 01/6/2021 - 19h
Árbitro: Diego Pombo Lopez (BA)
Assistentes: Jucimar dos Santos Dias e Jose Carlos Oliveira dos Santos (BA)
Cartões amarelos: Rael, Léo Porto, Vitor Salvador e Zé Vitor (CIA) Luiz Felipe, Lucas Braga (SAN)
Gols: Kaio Jorge (23'/1ºT) (0-1) e  Marinho  (34'/2ºT) (0-2)
CIANORTE: Bruno, Vitor, Mauricio, Rael e Michel; Zé Vitor (Sávio, aos 20'/2ºT), Morelli e Gabriel Calabrês (Rafael Carvalheira, aos 33'/2ºT); Léo Porto (Tales, no intervalo), Pachu (Wilson Júnior, aos 20'/2ºT) e  Erick Salles (Buba, aos 42'/2ºT). Técnico: João Burse
SANTOS: John; Pará, Luiz Felipe, Luan Peres e Felipe Jonatan; Alison, Jean Mota, Gabriel Pirani (Marcos Guilherme, aos 27'/2ºT); Marinho (Ângelo, aos 36'/2ºT), Kaio Jorge (Marcos Leonardo, aos 36'/2ºT) e Lucas Braga (Vinícius Balieiro, aos 39'/2ºT). Técnico: Fernando Diniz


 Felippe Scozzafave, do R7

Nenhum comentário: