Plantão

Compre no AMAZON

Os Melhores Preços no AMAZON

19 maio 2021

POESIA DA HORA, Por João Filho



Eis a situação no país que sonha em vencer a corrupção: 

O suspeito, o denunciado, o réu e até o condenado

Investiga qualquer um, o inocente ou o culpado! 

A inversão é tamanha que até o "investigador" se sente contrariado e, por lado, "emponderado". 

O juiz é imparcial pelo seu dito e feito

Condenou quem devia, mas ainda assim é suspeito! 

Quando iniciei meu Curso de Direito

Pensava em ser um operador do Direito, sem excessos, sem defeito

Mas o "dura lex sed lex " seria aplicado ao sujeito

Hoje vejo que o Direito pode sucumbir ao Errado

Sei, não sou o único decepcionado

Só não não sei ficar calado

Vendo o bandido interrogando e ameaçando o Magistrado!

Como chegamos  ao tal ponto? 

Com os polos foram invertidos? 

Como o corrupto deixou de ser bandido? 

Tudo começou no progressivo "aparelhamento" 

O sistema corroído por dentro

Seduziu a Lei e minou o Ordenamento! 

Agora o crime investiga a Lei 

É crime tudo o que está previsto em Lei como crime

E se a Lei comete crime? 

Como a Lei se redime? 

Ora, é só prender a Lei! 

Quero que não seja assim....

Mas, do jeito que vai... Não sei!



Por João Filho, Professor efetivo na Secretaria de Educação do Estado da Paraíba e na Secretária de Educação do Município de Conceição-PB, Graduado em História, especializado em História da Arte, Mestrando em Ensino de História, graduando em Direito e Jornalismo. 

Nenhum comentário: