Plantão

Compre no AMAZON

Os Melhores Preços no AMAZON

24 abril 2021

Índia bate recorde de casos de Covid pelo 3º dia seguido e é novo epicentro da epidemia

A Índia registrou 346.786 casos de Covid-19 e 2.600 mortes pela doença em 24 horas, batendo um novo recorde mundial pelo terceiro dia consecutivo, neste sábado (24).

Na quinta-feira (22), o país superou o recorde que pertencia aos EUA, de mais de 300 mil casos, em janeiro deste ano.

O sistema de saúde indiano está em colapso, os hospitais estão lotados, médicos alertam para a falta de medicamentos e dizem que os estoques de oxigênio estão acabando.

Trens, aviões e caminhões estão sendo usados pelo governo para transportar oxigênio para lugares afastados do país.

A Índia passa por uma segunda onda de contágios, com uma nova variante que fez o número de casos explodirem. Uma pessoa morre a cada quatro minutos vítima do coronavírus em Nova Délhi, capital econômica do país.

Uma cerimônia de cremação em massa chegou a ser registrada na cidade, na quinta-feira, para tentar dar conta do alto número de mortos por complicações da Covid-19. A cremação é a prática mais comum nos funerais indianos.

Explosão de novos casos

Em março, o governo indiano chegou a afirmar que estava na "fase final" da pandemia de Covid-19. Mas especialistas dizem que o país flexibilizou cedo demais as medidas de prevenção durante o inverno e ignorou alertas sobre uma crescente onda de casos.

Uma combinação de fatores levou ao atual desastre humanitário indiano, que era evitável, de acordo com o cientista Gautam Menon, em entrevista à agência Deutsche Welle.

"A negligência por parte dos cidadãos e das autoridades fez todos baixarem a guarda. Possíveis reinfecções por causa da perda de anticorpos e o surgimento de novas variantes contribuíram para o surto”, afirmou Menon.

Segundo o Ministério da Saúde indiano, o país já registrou 16,6 milhões de casos de Covid-19 e 189.544 mortes causadas pela doença.



G1

Nenhum comentário: