Plantão

Compre no AMAZON, o Site mais seguro mundo!

Os Melhores Preços no AMAZON

13 março 2021

Homem é homenageado por recorde ao doar 120 galões de sangue nos EUA

Marcos Perez recebeu uma doação de sangue quando era criança que salvou a sua vida, e hoje ele se tornou o recordista de doações no Texas.

Ele já realizou doações mais de 960 vezes, o que foi capaz de encher 120 galões. De acordo com o Centro de Sangue e Tecidos do Sul do Texas, seu sangue ajudou mais de 3 mil pessoas.

"A história do Sr. Perez é muito comovente e emocional porque você sabe por que ele faz isso - foi algo que salvou sua vida", disse Roger Ruiz, especialista em comunicações corporativas da organização sem fins lucrativos BioBridge Global.

O dom da vida

Perez nasceu prematuro e precisava de uma transfusão de sangue para sobreviver. “Naquela época, não havia bancos de sangue, então meu pai teve que pedir a seus parentes e amigos que doassem sangue para mim. Foi um de seus amigos que salvou minha vida ", disse Perez à CNN.

Perez doou sangue pela primeira vez quando ainda estava no colégio. Ele disse que depois de servir quatro anos na Força Aérea começou a doar plasma e plaquetas regularmente.

Agora, mais de 37 anos depois, Perez está comemorando sua 962ª doação, o que o coloca em uma rara categoria de doadores de sangue - ele atingiu a marca do seu 120º galão de sangue doado.

"O Sr. Perez é um caso incomum porque você não tem muitos doadores de 100 galões", disse Ruiz. "Ele está salvando vidas todos os dias."

Perez doa plasma e plaquetas em vez de sangue total porque permite que doe até 24 vezes por ano. Perez diz que planeja continuar a doar a cada duas semanas até que "digam que você não pode" e espera que outros sigam seu exemplo.

"Um homem não consegue fazer isso sozinho. Precisamos todos trabalhar juntos. Se todos trabalharmos juntos e todos forem doar, essas prateleiras estarão totalmente abastecidas."

Faça a diferença

O último ano foi particularmente difícil para os bancos de sangue nos Estados Unidos. Ruiz diz que os bancos de sangue em todo o país, não apenas no sul do Texas, onde Perez mora, precisam desesperadamente de doações.

"A pandemia realmente nos prejudicou e, em todos os Estados Unidos, as doações de sangue foram canceladas por causa da pandemia e do distanciamento social", disse Ruiz. "Definitivamente, precisamos de mais pessoas como o Sr. Perez para dar um passo à frente e doar."

O South Texas Blood and Tissue Center planeja reconhecer o Sr. Perez e dois outros doadores de mais de 100 galões quando eles vierem doar sangue no mesmo dia.

"É como se as estrelas de doadores de sangue se reunissem uma vez. Você tem Babe Ruth, Michael Jordan e Tom Brady se reunindo para fazer o que fazem melhor e doar sangue."

Ruiz é rápido em apontar que você não precisa ser um atleta superstar ou super-herói para fazer a diferença. Tudo o que você precisa fazer é arregaçar as mangas.

"Nem todos usamos capas, mas esta é uma maneira de sermos heróis para a nossa comunidade." Ruiz acrescentou: "Se a história do Sr. Perez comove você, ligue para o hemocentro local, faça uma doação e seja o próximo doador de 100 galões."



Ryan Bergeron, CNN

Nenhum comentário: