Plantão

Compre no AMAZON

Os Melhores Preços no AMAZON

03 fevereiro 2021

Homem tentou culpar esposa logo após matá-la em briga por futebol

O empresário que confessou ter matado sua esposa a facadas após uma discussão por futebol em um condomínio na Vila Mangalot, zona norte de São Paulo, na madrugada do último domingo (31), chegou a acusá-la de suicídio no primeiro atendimento da polícia à ocorrência.

Como consta no boletim de ocorrência do caso, encontrado com lesões e perguntado sobre o que ocorreu no apartamento, o homem afirmou que a esposa havia o agredido com a faca na região do abdome e cometeu suicídio logo em seguida.

Entretanto, quando os policiais solicitaram mais detalhes, ele mudou sua versão e disse que, após ser atingido no abdome, tomou a faca da mulher e desferiu vários golpes contra ela, que causaram a morte de sua esposa.

O motivo da briga, segundo o marido, havia sido uma discussão de futebol após comemorações da esposa, palmeirense, após o título do clube na Copa Libertadores – corintiano, ele teria se incomodado com as celebrações.

Ouvindo a briga, os vizinhos acionaram a polícia. O óbito da mulher foi constatado no local.

No boletim, os PMs ainda informaram que não puderam prosseguir com o interrogatório porque o homem passaria por procedimento cirúrgico.

O casal tem filhos gêmeos, de dois anos, que estavam no apartamento no momento do crime. O homem foi encaminhado ao hospital e permanece sob escolta policial.

Empresário é corintiano e esposa, palmeirense

Empresário é corintiano e esposa, palmeirense

REPRODUÇÃO/RECORD TV

Nenhum comentário: