Plantão

Compre no AMAZON, o Site mais seguro mundo!

Os Melhores Preços no AMAZON

18 dezembro 2020

Bruno Cunha Lima comenta decisão do STF sobre obrigatoriedade da vacinação da covid-19: 'é uma temeridade'

Em entrevista ao programa 'Arapuan Verdade', na tarde desta sexta-feira (19), o prefeito eleito de Campina Grande, Bruno Cunha Lima (PSD), criticou a decisão do Supremo Tribunal Federal (STF) que analisou duas ações sobre a possibilidade de os governos federal, estaduais e municipais decidirem sobre a vacinação compulsória da população contra a Covid-19.

Bruno falou que a decisão do STF sobre a descentralização das medidas acerca da vacinação é uma temeridade.

"Acho uma temeridade, se autorizar as aquisições de vacina sem que parta de um plano nacional. Deve ser traçado pelo Ministério da Saúde e cumprido pelos estados e municípios", disse. 

Já sobre a obrigatoriedade aprovada pelo STF, o futuro prefeito avalia que as medidas restritivas podem ser necessárias, já que segundo ele, a saúde coletiva não pode ser prejudicada por decisão individual.  "A maior responsabilidade é do indivíduo, pois é obrigação do cidadão. É opção do cidadão, se não quiser tomar não toma, mas assim como a da febre amarela, quem quer ir viajar para algum país não conseguir se não se vacinar", disse, em alusão as consequências acerca da não vacinação. 


Por Emmanuela Leite

Nenhum comentário: