Últimas Notícias

Vítima de acidente de uma falésia na praia, largou emprego estável para viver em Pipa-RN

Morto junto com sua mulher e filho nesta terça-feira (17) após a queda de uma falésia na praia de Pipa, no Rio Grande do Norte, o gerente de hotéis Hugo Mendes Pereira, de 32 anos, passou os últimos cinco anos de sua vida viajando pelo mundo e pelo Brasil, depois de abandonar um emprego fixo no grupo América Móvel, onde trabalhava como coordenador de projetos nacionais. 

A coragem e a vida dos sonhos de muitos foram tema de uma matéria exclusiva da Record TV sobre Hugo, em 2017, época em que ele viajava o Brasil na companhia de sua cadela de estimação, Brisa, a bordo de uma Kombi estilizada.

"Muitas pessoas seguem uma carreira que o sistema normalmente nos impõe que é o normal, que é estudar, trabalhar, formar família, para um dia ser feliz, para um dia descansar. Eu quero ser feliz todos os dias. Não quero chegar a lugar nenhum, eu já cheguei", disse na época.

Em outro trecho, a reportagem mostra também o começo de outra carreira do jovem, que aproveitou sua experiência de viagem para abrir hóteis, atividade na qual poderia conciliar a liberdade de surfista  com uma renda fixa. Mais de três anos depois, um post publicado Hugo em suas redes sociais mostra que a aposta deu certo.

"Fui presenteado com um convite pra lá de especial. Vou ser gerente no maior hotel de Pipa, hotel com mais de 130 apartamentos.  Mesmo hotel que há quatro anos atrás iniciei meus trabalhos com hotelaria, volto, de novo pela porta da frente. Muito feliz", escreveu Hugo, em outubro deste ano, em post em que comemora o início de suas viagens ao redor do mundo.

No meio de tantas viagens, ele finalmente se estabeleceu em Pipa, se casou com Stela Marinho, com quem teve seu filho, Sol Marinho, que tinha sete meses de idade. 


R7

Comente aqui com o Facebook: