Plantão

Compre no AMAZON, o Site mais seguro mundo!

Os Melhores Preços no AMAZON

30 novembro 2020

SP anuncia volta para a fase amarela um dia após as eleições; Veja novas regras

Todo o Estado de São Paulo retornará para fase amarela do Plano SP um dia após as eleições municipais. O anúncio foi feito pelo governador de São Paulo, João Doria (PSDB), durante coletiva no Palácio dos Bandeirantes, nesta segunda-feira (30), segundo a reportagem no R7.

A medida não fechará o comércio, nem bares ou restaurantes, e também não fecha atividades econômicas, mas é mais restritiva nas medidas em relação aos horários. Também não haverá alteração na programação de volta às aulas, e as escolas não serão fechadas.

No dia 9 de outubro, o governador havia confirmado o avanço à fase verde para a Grande São Paulo e as regiões da Baixada Santista, Campinas, Piracicaba, Sorocaba e Taubaté. Nas últimas semanas, o aumento do número de casos e internações já estava sendo discutido por médicos e autoridades.

Mapa mostra que estado de São Paulo regride para 100% na fase amarela

Mapa mostra que estado de São Paulo regride para 100% na fase amarela

Divulgação

Durante a coletiva, Doria anunciou também que, em decisão do Centro de Contingência, os dados da covid-19 no Estado serão analisados de 7 em 7 dias, em vez a cada 28 dias como anteriormente.

Um dos principais motivos para o retorno à fase amarela, segundo Patrícia Ellen, secretária de Desenvolvimento Econômico do Estado, foi o aumento no número de internações por covid-19: nas últimas três semanas epidemiológicas, houve aumento de internações de 18%, 17% e 7%, respectivamente. 

Entretanto, Ellen assegurou durante a coletiva que não houve interferência de interesse eleitoral na decisão. Segundo o governo, se a reclassificação ocorresse em 16 de novembro, 89% da população do Estado estaria agora na fase verde. Por isso, freou-se o avanço à fase verde, assim decidindo por "reclassificações mais intensas".

O próximo anúncio de mudança ou permanência de fase, segundo Doria, ocorrerá no próximo dia 4 de janeiro.

Regras de funcionamento da fase amarela

Regras de funcionamento da fase amarela

Reprodução/Governo de SP

Veja as regras da fase amarela

Shoppings centers

Ocupação máxima limitada a 40% da capacidade do local.

Horário reduzido (10 horas).

Praças de alimentação (ao ar livre ou em áreas arejadas).

Adoção dos protocolos geral e setorial específico.

Comércio e serviços

Ocupação máxima limitada a 40% da capacidade do local.

Horário reduzido (10 horas).

Adoção dos protocolos geral e setorial específico.

Bares e restaurantes

Somente ao ar livre ou em áreas arejadas.

Ocupação máxima limitada a 40% da capacidade do local.

Horário reduzido (10 horas).

Consumo local até 17h.

Consumo local até as 22h (se a região estiver a ao menos 14 dias seguidos na fase amarela).

Adoção dos protocolos padrões e setoriais específicos.

Salões de beleza e barbearias

Ocupação máxima limitada a 40% da capacidade do local.

Horário reduzido (10 horas).

Adoção dos protocolos geral e setorial específico.

Academias

Ocupação máxima limitada a 30% da capacidade do local.

Horário reduzido (10 horas).

Agendamento prévio com hora marcada.

Permissão apenas de aulas e práticas individuais, mantendo-se as aulas e práticas em grupo suspensas.

Adoção dos protocolos geral e setorial específico.

Eventos e atividades culturais

Permitido após a região ficar ao menos 28 dias consecutivos na fase amarela.

Ocupação máxima limitada a 40% da capacidade do local.

Obrigação de controle de acesso, hora marcada e assentos marcados.

Venda de ingressos de eventos culturais em bilheterias físicas, desde que respeitados protocolos sanitários e de distanciamento.

Assentos e filas respeitando distanciamento mínimo.

Proibição de atividades com público em pé.

Adoção dos protocolos geral e setorial específico.

Demais atividades que geram aglomeração

Não são permitidas.

Mapa mostra que estado de São Paulo regride para 100% na fase amarela

Mapa mostra que estado de São Paulo regride para 100% na fase amarela

Divulgação

Nenhum comentário: