Últimas Notícias

Natalie Portman e Serena Williams investem em novo time de futebol feminino

A atriz Natalie Portman, a estrela do tênis Serena Williams e a filha dela, Alexis Olympia Ohanian, são parte de um grupo fundado por uma maioria de mulheres que será dono de um novo time de futebol feminino nos Estados Unidos.
A Liga Nacional de Futebol Feminino anunciou que concedeu ao grupo Angel City a franquia para um novo time em Los Angeles, que se juntará ao campeonato na primavera de 2022. O grupo de investidores é liderado por Portman, atriz vencedora do Oscar; além das empresárias Kara Nortmane Julie Uhrman; e de Alexis Ohanian, marido de Williams e cofundador do Reddit.

"Hoje, damos um passo emocionante anunciando as primeiras mulheres pertencentes a um grupo majoritário e na liderança de um time", disse Portman em um comunicado da NWSL.

"Estou emocionada com a oportunidade de fazer parceria com esse incrível grupo de pessoas para trazer um time profissional de futebol feminino para Los Angeles", acrescentou.

"Juntos, pretendemos criar não apenas uma equipe vencedora em campo, mas também desenvolver uma base de fãs apaixonadamente leais. Também esperamos causar um impacto substancial em nossa comunidade, comprometendo-nos a ampliar o acesso ao esporte para jovens em Los Angeles. através de nosso relacionamento com a Fundação LA84".

"O esporte é uma maneira muito alegre de reunir as pessoas, e isso tem o poder de fazer mudanças tangíveis para as atletas, tanto em nossa comunidade quanto na esfera profissional".

Outros nomes famosos envolvidos são os colegas atores de Hollywood Eva Longoria, Uzo Aduba, Jennifer Garner e Jessica Chastain, além de mais de uma dúzia de ex-estrelas da Seleção Nacional Feminina, incluindo Julie Foudy, Mia Hamm, Joy Fawcett e Abby Wambach.

Embora o nome de uma equipe ainda não tenha sido decidido, o grupo Angel City espera capitalizar o crescente interesse no futebol feminino desde o título da seleção americana na Copa do Mundo em 2019, com a NWSL registrando um aumento médio de 22% no público em comparação com a temporada de 2018.

"A trajetória de crescimento da NWSL é incrivelmente empolgante, mas também precisamos ser estratégicos e ponderar a rapidez com que expandimos e as comunidades com as quais fazemos parceria", disse a comissária da NWSL Lisa Baird em comunicado.

"Há muito tempo procuramos o parceiro certo em Los Angeles, considerando a base de fãs da NWSL que já existe na região e o grande interesse no futebol feminino em geral. Esses fatores, juntamente com um incrível grupo de proprietários, fazem desta uma situação ideal e não podíamos" ficar mais emocionado ao avançar".

A nova franquia será a 11ª equipe a entrar no NWSL e se juntará a outros times de Los Angeles e já estabelecidos times da Major League Soccer, o campeonato americano masculino: LA Galaxy e LAFC.



CNN

Comente aqui com o Facebook: