Últimas Notícias

Pollyanna cobra ação do governo para recuperação da PB 293, no Sertão da Paraíba

A deputada Pollyanna Dutra cobrou uma ação do Governo do Estado para recuperação da PB 293, especificamente no trecho que corta os municípios de Paulista, São Bento e Brejo do Cruz. 
O local foi alvo de protesto da população, que, na manhã desta segunda-feira (25), plantou bananeiras em cada buraco da via em ato de protesto contra a demora na solução da questão.

Para a parlamentar, que se solidariza com a população, é imperativo que respostas sejam dadas o quanto antes, pois a situação representa não só descaso, mas também risco para quem transita por lá.

“Eu trafego constantemente pelo local e está praticamente intransitável. Estamos tendo que buscar outras rotas para poder chegar a Paulista ou a Brejo. É preciso que uma resposta seja dada pelo governo e nosso mandato segue nessa luta. Nós já protocolamos diversos ofícios e requerimentos requisitando a recuperação do trecho, mas agora não dá mais para esperar. Queremos uma resposta já!”, destacou a deputada.

Conforme Dutra, seu mandato já está em diálogo com a Secretaria de Estado da Infraestrutura, Recursos Hídricos e do Meio Ambiente, responsável pela recuperação das PBs do nosso estado. “Estamos em diálogo cobrando, de forma imperativa, uma resposta, e já soubemos que há previsão de realização da obra, mas não podemos esperar. Seguiremos cobrando e observando o início das obras, pois, como está, o local só apresenta riscos para toda a população que não tem alternativas senão transitar pelo trecho”, afirmou.

Com uma extensão de 50 km, a PB 293, que corta os municípios de Paulista, São Bento, e Brejo, é essencial para uma população de mais de 100 mil habitantes. Além disso, no local transitam comerciantes de várias partes do país e do mundo, haja vista aquela ser uma região forte na produção têxtil e leiteira da Paraíba. O trecho influencia diretamente os municípios de Paulista, São Bento, Catolé do Rocha, Pombal e Brejo do Cruz.



Repórter PB

Comente aqui com o Facebook: