Últimas Notícias

Saúde planeja novo método de 'testagem' de covid-19, diz Teich

O ministro Nelson Teich disse nesta sexta-feira (24) que o Ministério da Saúde está planejando uma nova forma de testagem do novo coronavírus para a população. 
Em publicação no Twitter, o oncologista ressaltou que o plano de ampliação dos diagnósticos tem por objetivo entender como o vírus está se espalhando em cada região do Brasil e adequar as ações de acordo com cada realidade. 

O aumento da capacidade de testagem foi anunciado por Teich na segunda-feira (20). A estimativa é que sejam compradas, ao todo, 46,2 milhões de unidades. Deste total, 22 milhões são de unidades de testes rápidos, que são realizados por meio de sorologia, e os outros 24,2 milhões são de RT-PCR, método detalhado por análise molecular.

"Hoje, a nossa previsão de compra de testes subiu para 46 milhões de testes. Isso é muito importante para o processo que está sendo desenhado, de usar os testes para melhor entender a doença, a evolução e fazer um planejamento, de um projeto que já está sendo feito, para a revisão do distanciamento social", disse.
De acordo com Teich, o objetivo do Ministério da Saúde é compreender como o vírus tem se comportamento no Brasil desde o início da pandemia. "Nós temos um contrato que foi feito com a DASA, hoje, que vai processar 30 mil exames por dia. O contrato chega a três milhões de testes. Trazer o teste e viabilizar a realização é fundamental nesse trabalho do entendimento da doença".

Com o crescimento do sistema de processamento, o governo federal pretende reunir um conjunto de informações técnicas para sustentar medidas de flexibilização do isolamento social no país.

R7

Comente aqui com o Facebook: