Últimas Notícias

terça-feira, 17 de março de 2020

Caem de 28 para 24 os casos suspeitos de coronavírus na Paraíba

O número de casos suspeitos de coronavírus caiu de 28 para 24 na Paraíba. Após atualização divulgada na tarde desta segunda-feira (16), pela Secretaria Estadual de Saúde (SES), o órgão excluiu a suspeita de quatro casos, sendo um em Cabedelo, um em Cuité e outros dois em João Pessoa.

Desta forma, a Paraíba, que ainda não tem caso confirmado, passa a ter 15 casos descartados e o número de casos aguardando exame cai para 24.
Agora, os casos investigados na Paraíba envolvem moradores das cidades de João Pessoa (14), Campina Grande (9) e Bananeiras (1).

Coronavírus
O coronavírus é uma família de vírus que causa infecções respiratórias. O novo agente foi descoberto em 31 de dezembro de 2019, após casos registrados na China. A doença provocada pelo vírus foi batizada de Covid-19.

Por ter atingido de forma expressiva os cinco continentes, a Covid-19 já é considerada pandemia pela Organização Mundial da Saúde (OMS). No Brasil, 200 casos foram confirmados pelo Ministério da Saúde até esse domingo (15).

Paraíba está alerta
No sábado (14), foi publicado no Diário Oficial do Estado o decreto Nº 40.122, que declara Situação de Emergência no Estado da Paraíba ante ao contexto de decretação de Emergência em Saúde Pública de Interesse Nacional pelo Ministério da Saúde e a declaração da condição de pandemia de infecção humana definida pela Organização Mundial de Saúde (OMS).

Nele, o governo adota medidas administrativas para garantir resposta imediata do Estado diante da situação. O decreto tem duração de 90 dias e permite, entre outras coisas, agilidade nos processos legais para a compra de insumos e equipamentos necessários para atender a população durante o período de emergência.

O decreto também instituiu o Comitê de Gestão de Crise, formado por diversos órgãos da gestão estadual e liderado pela Secretaria de Estado Saúde e Gabinete do Governador. A primeira agenda do comitê acontecerá nesta segunda-feira (16), na Secretaria de Estado Saúde e discutirá as primeiras decisões diante do cenário epidemiológico no Nordeste.

“A emergência em saúde pública decretada pelo Estado da Paraíba vai garantir, em tempo oportuno, as medidas necessárias para que possamos agir de forma efetiva na prevenção da disseminação do Coronavírus na Paraíba e no Brasil”, disse o secretário executivo de Gestão de Redes de Unidades de Saúde da Paraíba, Daniel Beltrammi.


Portal Correio

Comente aqui com o Facebook: