Últimas Notícias

MPF denuncia presidente da OAB por calúnia contra Moro

Nesta quinta-feira, 19, o Ministério Público Federal (MPF) denunciou o presidente da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), Felipe Santa Cruz, por calúnia contra o ministro da Justiça Sérgio Moro.

Antonio Carlos de Almeida Castro, advogado de Felipe Santa Cruz, afirmou, em nota, que a denúncia é um atentado à liberdade de expressão e que fará uma representação contra o procurador Wellington Oliveira por abuso de autoridade.


Oliveira alega que o presidente da OAB “caluniou, de forma livre e consciente, o Ministro da Justiça, Sérgio Moro, ao imputar-lhe conduta criminosa”.

Santa Cruz e o Governo
Em entrevista à “Folha de S.Paulo”,  em junho deste ano, Felipe Santa Cruz disse em que Sérgio Moro prejudicava a independência da Polícia Federal e bancava o “chefe da quadrilha”.


Em julho, Santa Cruz foi atacado por Jair Bolsonaro (sem partido). O presidente disse que se Santa Cruz quisesse saber como o pai, Fernando Santa Cruz, desapareceu durante a ditadura militar, ele poderia contar. A declaração foi dada enquanto o presidente da República reclamava que a OAB havia entrado com uma ação para impedir a quebra do sigilo telefônico do defensor de Adélio Bispo, que o esfaqueou na campanha eleitoral de 2018.

Depois, afirmou que Fernando Santa Cruz foi morto por militantes de esquerda. O presidente da OAB foi ao STF (Supremo Tribunal Federal) pedir esclarecimentos de Bolsonaro, que tem duas semanas para explicar suas afirmações.


Catraca livre

Comente aqui com o Facebook: