Últimas Notícias

Menina de 11 anos tira família de casa de taipa escrevendo livros a mão em Remígio, Paraíba

Rita de Cássia tem apenas 11 anos e uma vontade de gente grande para ajudar a família a ter uma vida melhor na zona rural da cidade de Remígio, a 157 km de João Pessoa. A menina escreve livros com histórias infantis com a própria letra e vendem para conseguir reformar a casa em que moram. A história de Rita de Cássia ficou conhecida após ela gravar um vídeo promovendo suas obras.
A casa onde ela, a mãe e a irmã moravam era feita de taipa e barro. A mãe de Rita de Cássia, Jacimary Carvalho, explicou que o teto era forrado com plástico, um material insuficiente para evitar que molhasse dentro de casa quando chovia. “Eu tinha que ir com um balde, retirar a água do plástico e às vezes dormia até com uma bacia em cima da cama”, comentou.
A menina vendo a mãe em uma situação financeira precária, decidiu montar com os materiais que tinha à disposição histórias em livretos para vender. As folhas de papel e as canetinhas, material necessário para produzir os livros foram doados a Rita de Cássia. Os livros também contam com desenhos feitas pela menina.
A criatividade da estudante fez com que ela escrevesse mais de 80 livrinhos com histórias infantis. No início, a mãe não acreditou muito nas vendas, mas resolveu fazer o vídeo com Rita de Cássia promovendo suas obras.
Livros de Rita de Cássia são feitos com materiais doados por amigos — Foto: Reprodução/TV Paraíba
Livros de Rita de Cássia são feitos com materiais doados por amigos — Foto: Reprodução/TV Paraíba
“Ela sempre escrevia, aí depois que ela viu a situação da gente, ela resolveu que queria ajudar. Chorava, falava que era inútil, que não podia fazer nada. Mas eu falava que não era inútil, era criança e que tinha que estudar. Que ela só poderia ajudar a mãe dela quando crescesse”, relatou a mãe.
Mesmo após a mãe rejeitar a ajuda, Rita e sua irmão começaram a fazer frases de auto-ajuda e vender para vizinhos. “Foi então que, para acalmar o coração delas, decidimos colocar no Facebook”, comentou a mãe. E foi a partir do vídeo em que Rita de Cássia aparece oferecendo os livros escritos a mão que veio a ajuda.
A gravação viralizou nas redes sociais e um grupo formado por cerca de 15 pessoas se reuniram para ajudar a levantar uma nova casa para Rita de Cássia e sua família. Pedro Lima, empresário, foi um dos que se sensibilizaram com o vídeo e doou materiais de construção para a nova casa, que vai ser construída no lugar na casa de taipa, que foi derrubada.
Rita de Cássia escreveu mais de 80 histórias infatins para ajudar a família — Foto: Reprodução/TV Paraíba
Rita de Cássia escreveu mais de 80 histórias infatins para ajudar a família — Foto: Reprodução/TV Paraíba
“Vários doaram cimento, um doou a madeira do telhado, outro doou tijolo, outro a louça do banheiro, outro doou caixa d’água e por aí vai. As doações continuam chegando”, explicou Pedro.
A obra da nova casa ainda está na fase de alicerce, mas a expectativa é de que em cerca de 60 dias uma casa novinha esteja pronta. Enquanto a casa não é construída, Rita de Cássia, sua mãe e irmã seguem morando na casa de uma prima, onde segue produzindo suas histórias, escrevendo seu próprio mundo e transformando a própria realidade.
G1

Comente aqui com o Facebook: