Últimas Notícias

quinta-feira, 26 de setembro de 2019

Aras é um guerreiro que terá nas mãos a bandeira do Brasil e a Constituição, diz Bolsonaro

O novo procurador-geral da República, Antônio Augusto Brandão de Aras, tomou posse em cerimônia realizada nesta quinta-feira (26).

Sua indicação para o cargo foi aprovada na quarta-feira (25) no Senado, por 68 votos a favor, 10 votos contrários e uma abstenção.

Aras assumirá um mandato de dois anos à frente do Ministério Público, para o qual poderá ser reconduzido uma vez. Ele substituirá a ex-procuradora-geral, Raquel Dodge, que deixou o cargo no último dia 17.


Em discurso, o presidente Jair Bolsonaro disse que Aras é um guerreiro que terá nas mãos a bandeira do Brasil e a Constituição Federal.

“Nós sabemos da importância deste órgão [MPF] nos destinos da nossa nação. Não é apenas um fiscal da lei. Em grande parte, nós brasileiros, estaremos perfeitamente alinhados nas suas decisões”, disse. Ainda segundo Bolsonaro, o MP deve continuar altivo, independente e responsável.

Já o PGR, afirmou que o Ministério Público tem o dever de velar pelo Estado democrático de direito, pelas liberdades individuais e pelo sistema econômico de mercado aberto. “Reafirmo a todos o nosso dever, que haverei de cumprir de forma democrática, buscando na Constituição Federal a conduta necessária para que o Brasil encontre o seu caminho”.

Aras ainda falou sobre o objetivo de induzir políticas públicas, econômicas, sociais e de defesa das minorias, que tragam respeito à condição da dignidade humana.


Terça livre

Comente aqui com o Facebook: