Últimas Notícias

sexta-feira, 10 de maio de 2019

Paulo Guedes responde por cima acusações hipócritas de Jandira Feghali na Comissão Especial da Previdência (veja o vídeo)

Uma vez mais o ministro Paulo Guedes se agigantou frente às acusações infundadas e hipócritas das esquerdas.

Durante reunião da Comissão Especial da Câmara dos Deputados para a Reforma da Previdência, Guedes tratou de manter a postura, mas sem se acovardar, não deixou de desmontar os ataques mesquinhos ao atual governo com firmeza.

Respondendo às alegações maliciosas da petista Jandira Feghali, o ministro tratou de escancarar a cleptocracia petista que deixou o país com a corda no pescoço e à beira do abismo:
“Quem fica dezesseis anos no poder não tem o direito de virar agora, com cinco meses ou quatro meses, e dizer: ‘olha, tem um desemprego enorme; tem cinquenta milhões de pessoas desempregadas; de onde virá o crescimento?’ Virá assim que nós repararmos os rombos causados. Os rombos foram amplos gerais e irrestritos. Foi rombo na Petrobras, rombo na Telebras, rombo no fundo da Petrobras - de R$ 20 bilhões, rombo no fundo dos Correios, Rombo no Correios, rombo no Postalis. Quebraram mesmo muita coisa. É difícil consertar. E pior: não é só ter quebrado. O pior é que o futuro é um buraco que só cresce. É um buraco fiscal que ameaça engolir o Brasil. [...] Nós tamo tentando ir pro caminho da prosperidade e não pro caminho da Venezuela.”
Jornal da cidade Online

Comente aqui com o Facebook: