Últimas Notícias

Veja as Manchetes!

sexta-feira, 10 de maio de 2019

VÍDEO – “O cidadão perdeu seu direito a defesa e o bandido continuou cada vez mais armado” diz Souza Neto sobre Estatuto do Desarmamento

O tenente coronel Souza Neto, declarou durante entrevista ao Correio debate na tarde desta quinta-feira (09), que acredita que o Estatuto do Desarmamento, que entrou em vigor em todo o Brasil no ano de 2003 e proíbe o porte de armas por civis, com exceção para casos onde há ameaça à vida da pessoa, está falido.
Segundo Souza Neto, quando os cidadãos entregaram suas armas acreditaram que contariam com uma maior segurança por parte do poder público, mas ao invés disso, na sua opinião, o cidadão de bem perdeu o direito de defesa e os bandidos continuaram se armando cada vez mais.
” Eu tenho certeza que nós tivemos uma falência no Estatuto do Desarmamento, aonde o cidadão de bem acreditou naquele início que realmente a segurança iria melhorar com o desarmamento da população, mas o que nós hoje, na área de segurança vemos é que o cidadão de bem foi restringido do direito dele de poder se defender, enquanto que ele acreditou no momento que devolveu a sua arma de fogo de ter uma segurança pública melhor e o bandido continuou armado e cada vez mais bem armado” pontuou.
Blog do Ninja

Comente aqui com o Facebook: