Últimas Notícias

Veja as Manchetes!

quarta-feira, 13 de fevereiro de 2019

Rodovias da Paraíba terão aumento de 115 radares de velocidade e contrato custará R$ 59 milhões

As rodovias da Paraíba receberão 115 novos radares nos próximos meses. A previsão, segundo o Departamento Nacional de Infraestrutura de Transporte (DNIT), é de que até junho de 2019 todos os equipamentos sejam instalados. 

A empresa que ganhou a licitação e está responsável pelo novo contrato é a Fiscal Tecnologia e Automação LTDA (Fiscaltech). O contrato que já está em vigor vai custar R$ 59.384.650,04. 

De acordo com informações obtidas pelo ClickPB, a previsão atual é de instalação de 186 equipamentos na malha rodoviária federal da Paraíba, sendo 71 substituições de equipamentos antigos e 115 em novos pontos previstos.
Atualmente, 30 equipamentos estão em instalação na região de Sousa, Cajazeiras, Uiraúna, Juazeirinho e Pombal.  

De acordo com DNIT, a mudança de empresa foi feita após o término do contrato antigo, que operou até janeiro deste ano. "O consórcio Data Traffic-Mobit, que operava um total de 71 equipamentos eletrônicos de velocidade, instalados nas rodovias federais da Paraíba, dos quais 32 eram radares fixos e 39 barreiras eletrônicas, se encontrava em seu terceiro contrato emergencial, que expirou em 14/01/2019", informou o DNIT.

Ainda segundo o órgão, "os equipamentos pertenciam à empresa contratada, e o DNIT remunerava-a pela disponibilização e operação dos mesmos. Logo, com o término do contrato, a empresa iniciou o recolhimento de seus equipamentos, atendendo à uma exigência contratual", explicou o órgão. A licitação que sagrou vencedora a Fiscaltech ocorreu em 29/05/2017 pela modalidade pregão eletrônico. 

Após a instalação dos equipamentos na região de Sousa, Cajazeiras, Uiraúna, Juazeirinho e Pombal, a empresa prosseguirá para a região de Campina Grande e entorno. Paralelo a isso, há uma segunda equipe se mobilizando para substituir os equipamentos na região metropolitana de João Pessoa, bem como para instalação dos novos equipamentos em novos locais. O cronograma em vigor, segundo o DNIT, indica que todos os equipamentos estarão instalados até julho deste ano.

As notificações começam após a aferição dos primeiros equipamentos. "Até o presente momento já temos equipamentos aferidos em 16 locais diferentes, e estamos apenas no aguardo do registro do Laudo pelo IPEM (Instituto Nacional de Pesos e Medidas) para colocá-los em operação, o que deve ocorrer até esta quinta-feira (14/02)", informou o DNIT. 


clickpb

Comente aqui com o Facebook: