Últimas Notícias

Veja as Manchetes!

segunda-feira, 19 de novembro de 2018

Dez são presos suspeitos de realizar mais de 20 roubos de cargas na Paraíba e PE

Nove pessoas foram presas durante uma operação da Polícia Civil realizada no domingo (18), em João Pessoa. 

De acordo com a polícia, a Operação “Carga Segura” foi deflagrada para prender suspeitos de integrar uma organização criminosa que atua no roubo de cargas de produtos eletrônicos da capital da Paraíba, de Campina Grande e de Recife.

Em uma coletiva realizada na tarde desta segunda (19), a polícia divulgou que conseguiu prender o grupo após o roubo da carga de um caminhão próximo ao município de Riachão do Bacamarte, no Agreste da Paraíba.


De acordo com o delegado de roubos e furtos de veículos, Getúlio Machado, entre os presos, o cadeirante Adriano dos Santos Rocha, conhecido como “rato”, foi detido suspeito de guardar as armas que o grupo utilizava nas ações criminosas. Ainda segundo o delegado, a polícia já vinha investigando o grupo há dois meses.

A polícia informou que o grupo é suspeito de roubar mais de 20 cargas, resultando em um prejuízo de mais de R$ 4 milhões. Com os suspeitos, a polícia apreendeu eletroeletrônicos, munições, armas, celulares, coletes a prova de bala e roupa camuflada. O material foi encontrado em casas nos bairros do Alto do Mateus, Jardim Veneza, no Centro e Bairro das Indústrias.

Ainda de acordo com a polícia, os suspeitos roubavam carros de passeio para depois utilizar os veículos nos roubos das cargas de caminhões. O grupo foi preso e encaminhado para a Central de Polícia Civil, no bairro do Geisel, em João Pessoa.

Entre os crimes pelos quais o grupo vai responder, estão roubo de carro e moto, falsidade ideológica, receptação, uso de sinal clandestino, roubo de carga e formação de organização criminosa.

Presos na Operação “Carga Segura”

João Maria Medeiros, conhecido como “Gordinho”, apontado como chefe do grupo criminoso;
Paulo Vinícius Gomes da Silva, conhecido como “Paulinho”, com mandado de prisão em aberto;
Kaio César Martins da Silva;
Adriano dos Santos Rocha, conhecido como “rato”, estava foragido da polícia;
Ednaldo Francisco da Silva;
Berg Gonçalves de Oliveira, conhecido como “boy doido”;
Adeildo Manoel dos Santos, conhecido como “Thor”, também foragido da polícia;
João de Lucena Max, conhecido como “Zacarias”;
Evaldo Freitas de Pontes.
Ribyson Costa da Silva, preso no dia 12 de novembro, mas teve a prisão mantida em sigilo em decorrência da operação que está em curso.
A Operação “Carga Segura” foi uma ação conjunta da Delegacia de Roubos e Furtos de Veículos de João Pessoa e da Polícia Rodoviária Federal da Paraíba.


G1

Comente aqui com o Facebook: