Últimas Notícias

Veja as Manchetes!

quinta-feira, 4 de outubro de 2018

CNJ pede explicações a Moro sobre delação de Palocci

O Conselho Nacional de Justiça (CNJ) pediu que o juiz Sergio Moro preste informações sobre a decisão de levantar o sigilo da colaboração de Antonio  Palocci com a Polícia Federal. 

O órgão acatou uma reclamação disciplinar dos deputados petistas Paulo Pimenta, Luiz Teixeira e Wadih Damous. Eles afirmam que a iniciativa de Moro configura uma "escancarada tentativa de tumultuar o processo eleitoral, por quem tem (ou deveria ter) o dever constitucional de preservá-la". 


Os parlamentares também alegam que o depoimento de Palocci não deveria ter seu sigilo levantado "nesse momento de elevada temperatura política, senão com o deliberado propósito de interferir ilicitamente na disputa que se aproxima e onde o Partido dos Trabalhadores, democraticamente, desponta como um dos preferidos da sociedade brasileira". 

Ainda de acordo com a queixa, Moro teria agido "sem a necessária ponderação e sem observar os postulados da razoabilidade, da imparcialidade, da proporcionalidade e, principalmente, da legalidade, que devem caracterizar suas ações, incorrendo em falhas funcionais, administrativas e disciplinares". 

A decisão, assinada pelo ministro do STJ Humberto Martins, corregedor nacional de Justiça, dá 15 dias para que Moro dê esclarecimentos sobre o caso. 



Por Mônica Bergamo do Folha de São Paulo

Comente aqui com o Facebook: