Últimas Notícias

Veja as Manchetes!

sábado, 20 de outubro de 2018

Candidatos do partido de Bolsonaro lideram pesquisa em três estados

Depois de eleger a segunda maior bancada na Câmara, com 52 deputados, e emplacar quatro senadores, o ex-nanico PSL, partido de Jair Bolsonaro, presidenciável mais votado no primeiro turno destas eleições e favorito a vencer o pleito em 28 de outubro contra Fernando Haddad (PT), pode eleger três governadores – um no Sul e dois no Norte do país.

Os candidatos da legenda que foram ao segundo turno em Santa Catarina, Roraima e Rondônia lideram as pesquisas de intenção de votos do Ibope divulgadas nesta sexta-feira (19).
São os únicos apoiados explicitamente por Bolsonaro, que se manteve neutro nos demais estados, como São Paulo, onde João Doria (PSDB) chegou a tentar seu apoio.

Em Santa Catarina, Comandante Moisés (PSL) tem 59% dos votos válidos (quando nulos e brancos não são contabilizados), contra 41% de Gelson Merísio (PSD), segundo o Ibope.

Bombeiro há trinta anos, ele recebeu 29,72% dos votos válidos no primeiro turno, tendo sido superado por Merísio por apenas 50.463 votos. O candidato do PSD ficou com 31,12%.

Puxado pela onda bolsonarista, Moisés tinha apenas 1% das intenções de voto no primeiro levantamento do instituto, em 17 de agosto, e registrou apenas 9% dois dias antes da votação, sendo apenas o quarto mais citado pelos eleitores na pesquisa.

Para chegar ao resultado desta sexta-feira, o Ibope ouviu 812 eleitores em Santa Catarina, entre 16 e 18 de outubro. A margem de erro é de três pontos porcentuais, e o nível de confiança, de 95%. O levantamento foi registrado sob os números SC-08537/2018 e BR-01895/2018.

Estados do Norte
Em Roraima, estado que enfrenta uma crise migratória de venezuelanos que fogem do regime de Nicolás Maduro, Antonio Denarium (PSL) tem 62% dos votos válidos, contra 38% do ex-governador José de Anchieta (PSDB), de acordo com o Ibope. Pecuarista, o candidato de Bolsonaro foi o mais votado no primeiro turno, com 42,27% dos votos válidos. Anchieta teve 38,78%.

A pesquisa Ibope de Roraima foi registrada com os números RR-05475/2018 e BR-08238/2018. O instituto ouviu 812 eleitores no estado, entre 16 e 18 de outubro. A margem de erro é de três pontos porcentuais, e o nível de confiança, de 95%.

Já em Rondônia, outro tucano pode ficar de fora por causa da onda conservadora — também sentida em estados como Minas Gerais e Rio de Janeiro. Coronel Marcos Rocha (PSL), que era policial militar e ficou em segundo no primeiro turno, com 23,99%, lidera as preferências com 63% dos votos válidos, segundo pesquisa divulgada pelo Ibope nesta sexta.

Seu adversário, Expedito Junior (PSDB) — o mais votado no primeiro turno, com 31,59% –, possui agora 37%. O desempenho do candidato do PSL no estado também foi surpreendente. Ele aparecia em quarto, com apenas 7%, dois dias antes do primeiro turno.

A pesquisa Ibope, está registrado sob os números RO-00577/2018 e BR-09913/2018.



Por Estêvão Bertoni - veja.abril

Comente aqui com o Facebook: