Últimas Notícias

Veja as Manchetes!

sexta-feira, 12 de outubro de 2018

Aguinaldo diz que vai analisar se dará apoio a Bolsonaro ou Haddad no 2º turno

O deputado federal reeleito Aguinaldo Ribeiro (PP) disse que irá fazer uma análise, nesse segundo turno das eleições presidenciais, para decidir a quem irá apoiar, entre Jair Bolsonaro (PSL) e Fernando Haddad (PP), mas ressaltou que o cenário que está posto no Brasil não é o ideal, todavia destacou que é preciso votar com muita responsabilidade para “errar o mínimo possível”.

“Agora, eu vou levar em consideração, obviamente, eu sou cristão, creio nos valores da família, aliás na minha campanha toda eu preguei isso,
porque acho que um dos principais problemas que nós temos hoje e termina desviando a nossa sociedade é o ataque que foi feito à família brasileira ao longo desse tempo”, observou, afirmando que o desvio de família leva jovens a agredirem professores em sala de aula e as pessoas a não respeitarem autoridades nem as instituições, levando a um desequilíbrio institucional. “Nós precisamos resgatar esses valores”. 

Na análise de Aguinaldo Ribeiro, Ciro era uma alternativa para romper a polarização, que está exaurindo o ambiente político. “O que Bolsonaro está incorporando é essa legião de brasileiros que estão dizendo não ao PT, na verdade é isso”. 

Ele disse que não viu nenhum candidato apresentar uma proposta para o País. “A gente teve uma eleição da não eleição: de quem não vamos eleger”, avaliou. Para Aguinaldo, o Brasil precisava ter uma saída de centro, pois o ambiente no País está dividido, polarizado, hostil, um ambiente de intolerância, e ele afirmou temer pelo pós-eleição.  

A entrevista foi concedida à rádio Correio FM.

Comente aqui com o Facebook: