Últimas Notícias

Veja as Manchetes!

quinta-feira, 4 de outubro de 2018

Acusado de assassinar casal confessa crime e diz que faria de novo, na Paraíba

José Gomes Neto foi preso na manhã desta quarta-feira (03) após uma denúncia anônima. 

Ele é suspeito de envolvimento no homicídio de Alex Sandro Mendes dos Santos e Daliene Garcia da Silva em um bar no bairro Ligeiro, em Campina Grande e foi encontrado no bairro Bodocongó III. Junto com o acusado estava a arma que ele confessou ter sido utilizada no crime.

A polícia recebeu uma denúncia de que o suspeito estava vendendo drogas e que era um dos envolvidos no duplo homicídio do Ligeiro, com base nas fotos divulgadas pela Polícia Civil.


O delegado Ramirez São Pedro, afirma que José não reagiu à abordagem e confessou a autoria dos disparos. As motivações do crime, de acordo com o suspeito, é uma rixa pessoal entre ele e a vítima, mas sem relação ao tráfico de drogas. Ele afirmou também que Alex Sandro o ameaçava de morte e “matou para não morrer”. Em relação a morte de Daliene, ele explica que não sabia que a vítima estava grávida e que “ela estava no lugar errado, na hora errada”. Os outros dois suspeitos ele diz não terem participação no crime e que foram embora de Campina Grande, mas não sabe o paradeiro deles.

O delegado destacou também que as versões que ele deu do crime são vagas.

O acusado já é condenado a 12 anos por tráfico e roubo e foi autuado em flagrante por posse ilegal de arma.

Agnael Silva Marques e Alisson Ricarte ainda continuam foragidos e polícia orienta que informações sobre o paradeiro dos suspeitos devem ser repassadas através do Disque-Denúncia pelo número 197. A denúncia pode ser feita de forma anônima.


Redação

Comente aqui com o Facebook: