Últimas Notícias

Veja as Manchetes!

quarta-feira, 27 de junho de 2018

Vídeo mostra mãe e filho amarrando bomba de São João em gato, no Sertão da Paraíba

Um vídeo divulgado em uma rede social mostra uma mulher e o filho dela maltratando um gato na cidade de São Bento, durante os festejos do São João 2018 na Paraíba. Segundo a Polícia Civil, a mulher de identidade não revelada já foi ouvida na delegacia e liberada. Ela vai responder pelo crime em liberdade. Veja o vídeo clicando aqui.

No vídeo, a mulher segura o gato com as duas mãos contra o chão, enquanto o filho amarra uma bomba de São João no rabo do gato.
Depois o pavio da bomba é aceso e gato sai correndo pela rua, com medo. Segundos depois, a bomba explode ainda presa ao animal. O vídeo não mostra como o gato ficou.

A Polícia Civil informou que tomou conhecimento do vídeo na segunda-feira (26) e que ainda pela manhã localizou a mulher e o adolescente. Na delegacia, segundo a Polícia Civil a mulher assumiu ter participado da ação, disse que estava arrependida e que a intenção era fazer uma “brincadeira”. Depois do depoimento, ela assinou um termo e foi liberada.

De acordo com a Polícia Civil, apesar da explosão, o gato não teve ferimento. O que mais chamou a atenção dos policiais é que o gato pertence a um parente dos envolvidos. O crime de maus-tratos é previsto em lei e prevê pena de três a um ano de prisão, além do pagamento de multa.

O presidente da Comissão de Direito Animal da Ordem Nacional dos Advogados do Brasil, seccional Paraíba (OAB-PB), Francisco Garcia Figueiredo, informou que a comissão está acompanhando o caso. Ele repudiou a atitude e disse que não restam dúvidas quanto a responsabilidade das partes.

“É um caso que não existem dúvidas, pois tudo foi filmado. Vamos acompanhar o caso, para que a lei seja aplicada. Ainda não podemos pedir a retirada da guarda do animal, pois para isso é necessário que alguém se apresente com interesse de adoção. Se isso acontecer, daremos total assistência”, disse Francisco Garcia.


G1 PB

Comente aqui com o Facebook: