Últimas Notícias

Veja as Manchetes!

quinta-feira, 21 de junho de 2018

Maranhão (Governo), Lucélio e Cássio (Senadores) a chapa em debate nos bastidores para unificar a oposição

O deputado federal Marcondes Gadelha (PSC) foi cirúrgico, nesta terça-feira (19), durante lançamento do nome de Manoel Júnior (PSC) como pré-candidato ao Senado, ao dizer que é necessário uma conversa entre todos os partidos de oposição para a definição de uma única candidatura ao Governo do Estado. Duas, só favorece ao esquema governista.

Essa lógica já vinha sendo esmiuçada nos bastidores pelos líderes da oposição, mas Marcondes Gadelha do alto de sua experiência expõe o caso em público: É preciso reunir todos em prol de um único nome, as duas candidaturas (de Lucélio e Maranhão) só favorece ao candidato (João Azevedo) do governo", pontuou.
Diante dessa possibilidade há quem aponte a chapa capaz de obter o sucesso das oposições. E qual seria a composição ideal?

Como está liderando as pesquisas, o senador José Maranhão (MDB) seria escolhido único candidato das oposições tendo Lucélio Cartaxo (PV) e o senador Cássio Cunha Lima (PSDB) como candidato às vagas para o Senado. A vaga de vice-governador seria destinada ao PP, ao PSC ou mantendo o nome de Michelline Rodrigues, caso o Clã Ribeiro decida aderir ao esquema governista. Se o PP aceitar ser vice de Maranhão, Manoel Júnior seria indicado para a suplência de senador.

Uma chapa que atenderia à todos e, no final das contas, bastante forte para decidir a parada.


Rpscom

Comente aqui com o Facebook: