Últimas Notícias

Veja as Manchetes!

quarta-feira, 21 de fevereiro de 2018

Decisão do STF: secretário crê em aumento de mulheres no crime

A decisão do Supremo Tribunal Federal (STF) em conceder liberdade a presas grávidas e mães de crianças de até 12 anos causou temor entre agentes de segurança pública. 

O secretário de Estado da Administração Penitenciária, Wagner Dorta, por exemplo, afirma que a decisão judicial deve aumentar o número de mulheres arregimentadas para ações criminosas.


Em entrevista ao Rádio Verdade, da Arapuan FM, Dorta se posicionou contra a concessão de liberdade às presas. Para ele, as mulheres passarão a utilizar a maternidade para cometer crimes. “É uma decisão muito ruim ao meu ver. Em um primeiro momento as mulheres se beneficiarão da imunidade, em um segundo serão julgadas, condenadas e a tendência é só aumentar o número de mulheres presas em razão da decisão”, avaliou.

O Supremo fixou prazo de 60 dias para cumprimento da decisão, que não alcança mulheres que praticaram crimes com uso de violência ou grave ameaça.


MaisPB

Comente aqui com o Facebook: