Últimas Notícias

Veja as Manchetes!

sábado, 14 de outubro de 2017

Professores de Santana de Mangueira no Sertão da Paraíba, saem as ruas em protesto contra não reajuste

Professores da rede municipal de ensino de Santana de Mangueira paralisaram suas atividades nesta sexta-feira, 13, e percorreram as principais ruas da cidade em protesto contra a Prefeitura pelo não cumprimento de direitos do magistério. 

A manifestação foi organizada pelo Sinserpusm, o sindicato que representa a categoria, que contou com a adesão de outros trabalhadores em educação, a exemplo de merendeiras e auxiliares de serviços gerais. 

Exibindo faixas e acompanhados por um carro de som, os professores fizeram uma primeira parada em frente à Igreja Matriz, onde expressaram suas reivindicações. 

Os manifestantes fizeram uma nova parada em frente à Secretaria de Educação e, de lá, seguiram para a Prefeitura, onde a presidente do sindicato, Francisca Lucena Rufino, convidou publicamente alguém da gestão municipal para se pronunciar. 

Quem apareceu foi a secretária de administração, Patrícia Inácio, que se comprometeu em atender os pleitos dos professores a partir deste mês.
Eles reivindicam a adequação do salário do magistério santanense ao novo Piso Nacional, que foi reajustado este ano, mas os professores locais não tiveram aumento. 

Querem também a diferença que restou do ano passado, quando da adequação, e ainda cobram terço de férias e o retorno do pagamento para o dia 30 de cada mês, como ocorria na gestão passada. Conforme a presidente Francisca Lucena, a manifestação teve o apoio do sindicato de Manaíra, através de seu presidente, Francisco Rabelo, e foi positiva. 

Ela disse que, por diversas vezes, o sindicato tentou dialogar com a Prefeitura, mas não teve resposta, e que as manifestações vão prosseguir até o atendimento das reivindicações da categoria.



Folhadovale

Comente aqui com o Facebook: