Últimas Notícias

Veja as Manchetes!

domingo, 22 de outubro de 2017

Partido nega lançar Rui Galdino para o Senado: "Novo não convoca ninguém"

O Partido Novo negou, em nota, que tenha lançado a pré-candidatura do advogado e jornalista Rui Galdino para o Senado Federal. Segundo o partido, ninguém é convocado para cargo eletivo, e todos os filiados tem direito de pleitear o posto.

O Novo salientou que "APÓS a conclusão do Processo Seletivo, é que serão definidos e apresentados pelo diretório estadual os candidatos a Senador e Deputados Federais na PB".

Veja a nota:

"- Nota de Esclarecimento -

O Diretório Estadual do Partido NOVO na Paraíba por meio desta vem ESCLARECER alguns fatos FATOS acerca do processo seletivo para candidaturas nas eleições de 2018 na Paraíba:


1 - O Partido NOVO não convoca ninguém a ser candidato aos cargos eletivos;

2 - Todos os filiados recebem no momento oportuno a comunicação do NOVO e os que se sentirem aptos e motivados se submetem a um rigoroso processo seletivo, exclusividade do nosso Partido, com 4 etapas para definição das candidaturas;

3 - No caso da Paraíba e demais estados, apenas APÓS a conclusão do Processo Seletivo, é que serão definidos e apresentados pelo diretório estadual os candidatos a Senador e Deputados Federais na PB, que foram cargos pré-determinados pela direção Nacional;

4 - Todos os filiados(as) do Partido NOVO na Paraíba, e como qualquer filiado(a) a um partido político, tem o direito de pleitear os cargos ora apresentados no nosso estado, contudo em nosso partido os postulantes são submetidos a um processo seletivo para o cargo pretendido;

5 - Nascemos com NOVOS ideais e principalmente com NOVAS atitudes no velho quadro político do País. Buscamos um Brasil melhor e acreditamos que muitas das práticas ora existentes em nossa política são ultrapassadas e portanto, nos apresentamos legitimamente como um Partido NOVO em práticas e principalmente em ações.

Nos encontramos à disposição para quaisquer esclarecimentos.

Direção Partidária NOVO 30 Paraíba"



wscom

Comente aqui com o Facebook: