Últimas Notícias

Veja as Manchetes!

sexta-feira, 15 de setembro de 2017

'Procurou porque quis', diz mãe de jovem esfaqueada oito vezes, na Paraíba

“Eu tenho dois [filhos] usuários de drogas e a minha vida é trabalhar, ir para a igreja e correr dentro dos hospitais e delegacias. 

Já ameaçaram arrancar a cabeça dela. Eu não pago dívida de drogas de filho, eu não pago. 

Procurou porque quis”. Foi dessa forma que uma mãe reagiu ao saber que a filha de 15 anos havia sido esfaqueada oito vezes durante uma discussão possivelmente estimulada por dívida de drogas, na noite dessa quarta-feira (13), no bairro Marcos Moura, município de Santa Rita, na Grande João Pessoa. O crime aconteceu por volta das 21h quando a jovem estava na companhia de amigas e uma delas desferiu as oito facadas.
Socorrida pelo Samu, a adolescente foi encaminhada para o Hospital de Emergência e Trauma de João Pessoa, onde segundo boletim médico encontra-se internada em estado grave.

Em entrevista na frente do hospital, a mãe da adolescente contou que enxerga dois caminhos para a filha: morte ou prisão.

“Antes de esfaquearem, bateram nela o suficiente. A gente que tem filho envolvido com droga espera duas coisas: ou vai morrer ou está preso. Era isso que eu esperava, ou ela morta ou ela presa. Ela já foi presa no mês passado porque estava dentro de uma casa cortando drogas com um pessoal. Mês passado teve duas meninas que deram nela na porta da minha casa. 

Desde os 11 anos que ela é usuária de drogas. Eu tenho dois [filhos] usuários de drogas e a minha vida é trabalhar, ir para a igreja e correr dentro dos hospitais e delegacias. Eu não pago dívida de drogas de filho, eu não pago. Procurou porque quis. Sabe o caminhão qual é: é preso ou morto. Quando a gente deve o nome da gente vai para o SPC e o SPC desse povo ou é bala ou delegacia”, disse a mãe da vítima.



Portalcorreio

Comente aqui com o Facebook: