Últimas Notícias

Veja as Manchetes!

domingo, 6 de agosto de 2017

Cássio Cunha Lima e assessor do HRC trocam farpas em grupo do WhatsApp

O assessor de comunicação do Hospital Regional de Cajazeiras (HRC), Daniel Oliveira, e o senador Cássio Cunha Lima (PSDB) trocaram farpas em um grupo de WhatsApp nesta sexta-feira (04).

Os participantes do grupo discutiam sobre a situação do município de Uiraúna, quando uma pessoa supostamente ligada a Cássio fez elogios ao senador. Nesse momento, Daniel, que também é proprietário do portal de notícias Nordeste 247, rebateu e disse que o tucano “traiu o povo paraibano” ao votar a favor das reformas propostas pelo presidente Michel Temer (PMDB).

Veja abaixo alguns prints da discussão


Cássio Cunha Lima foi adicionado ao grupo para acompanhar a discussão e pouco tempo depois se pronunciou comentando: “Eu tenho uma vida limpa, não fui cassado por improbidade administrativa”.
O senador chegou a desafiar os participantes do grupo para o enfrentamento judicial: “Querendo podemos discutir isso na justiça. Basta se identificar que terão chance de provar as acusações levianas na Justiça. Acusar da boca para fora?”, questionou.
Nesse momento o assessor do HRC relembrou o caso do Edifício Concorde, em que um homem teria jogado R$ 400 mil do alto do referido edifício, em João Pessoa, para não ser pego em flagrante operando um suposto esquema de desvios de recursos e lavagem de dinheiro na campanha eleitoral do PSDB da Paraíba em 2006.
“O senhor senador votou a favor das reformas que tiram os direitos do povo trabalhador. Quem votou em você hoje se arrepende. Votar a favor das reformas trabalhistas e da Previdência é votar contra o povo. Seu partido é conhecido, só vota a favor de medidas que beneficiam empresários. O povo lhe dará o troco”, completou Daniel.  (diariodosertao)
Veja alguns prints da discussão

Comente aqui com o Facebook: