Últimas Notícias

Veja as Manchetes!

segunda-feira, 26 de junho de 2017

Pai pedala por 4 mil km para ouvir coração da filha bater no peito de receptor

Um pai viajou mais de 4 mil quilômetros de bicicleta para conhecer o homem que recebeu o coração de sua filha em um transplante. Bill Conner saiu de Wisconsin e foi até Louisiana, ambos nos Estados Unidos, para conhecer Loumonth Jack. Antes da cirurgia, Jack havia sido informado de que tinha apenas dias de vida após um ataque cardíaco. O encontro entre os dois aconteceu dias após a morte da jovem.

Ao chegar no bairro de Baton Rouge, em Louisiana, Bill ganhou um estetoscópio de Loumonth. Com o presente, ele pode ouvir o coração de sua filha bater no peito do homem. "Saber que ele está vivo por causa da Abbey...
Abbey está viva dentro dele. É o coração dela que o mantém de pé. Estou feliz por ele e sua família e, ao mesmo tempo, tive a oportunidade de me reunir novamente com minha filha", disse Conner à CBS News.

Abbey, morreu aos 20 anos, após ser encontrada inconsciente em uma piscina, em janeiro deste ano, enquanto a família passava férias em Cancun, no México. O irmão de Abbey estava junto com ela e também foi encontrado desacordado. Os dois foram levados ao hospital e Abbey passou meses ligada a aparelhos, até que os médicos e a família resolveram doar os órgãos. O irmão da jovem sobreviveu.

"Ela registrou que queria ser doadora de órgãos. É algo que ela sabia há muito tempo. Infelizmente, isso chegou a acontecer, mas isso é ela. Se você a tivesse como uma amiga, ela sempre seria aquela que está ao seu lado. E, para ela, ajudar quem precisava era tudo. Isso se encaixa em quem ela era", disse Bill.

O pai de Abbey decidiu cumprir o caminho de bicicleta para aumentar a conscientização sobre doação de órgãos e para visitar o Centro Médico de Saúde de Broward, na Flórida, onde a jovem ficou internada. Mas, no decorrer da jornada, ele soube da oportunidade de conhecer o Loumonth Jack, que estava a cerca de 2.250 quilômetros, em uma viagem.

"Ela me salvou e não posso recompensá-la por isso. Eu gostaria de poder, mas não posso. Tudo o que posso fazer é enviar meu amor para sua família", disse Jack à WAFB em Baton Rouge.



Extra

Comente aqui com o Facebook: