Últimas Notícias

quinta-feira, 20 de abril de 2017

Ricardo inaugura estrada em Pedras de Fogo e inspeciona obras do Hospital de Santa Rita

O governador Ricardo Coutinho inaugurou, nesta quinta-feira (20), a pavimentação da rodovia PB-030 beneficiando cerca de 20 mil moradores de Pedras de Fogo que terão mais conforto e segurança ao passar pela estrada. 

Em seguida, Ricardo foi até Santa Rita para inspecionar as obras do Hospital Metropolitano Dom José Maria Pires, que vai disponibilizar atendimento para mais de dois milhões de habitantes de 80 municípios paraibanos. 

A vice-governadora Lígia Feliciano; o presidente da Assembleia Legislativa da Paraíba, Gervásio Maia, deputados e auxiliares do Governo estiverem presentes.


A PB-030 tem 28,2 km de extensão e representa um investimento de mais de R$ 16 milhões com recursos do Tesouro Estadual, sendo a 123ª estrada desta gestão. “Essa obra era uma necessidade da população de Pedras de Fogo. Investimos mais de R$ 16 milhões e é uma grande satisfação vir inaugurá-la. Uma estrada como esta, que é a 123ª deste Governo, serve para fortalecer a produção agrícola, agilizar o atendimento aos doentes, para ativar o comércio, enfim, são inúmeros benefícios, por isso estamos fazendo tantas estradas pela Paraíba”, afirmou Ricardo Coutinho.

O governador também destacou que dentro de poucos dias terá a felicidade de dizer que não resta mais nenhuma cidade sem interligação por meio de asfalto na Paraíba. “Faltam apenas três cidades isoladas: Natuba, Caraúbas e Carrapateira. E em poucos dias estaremos inaugurando todas elas, para, assim, termos a satisfação de afirmar que tiramos 54 municípios do isolamento asfáltico”, disse.

Ele ainda convidou a população a participar da 100ª plenária do Orçamento Democrático Estadual. “Ainda hoje vamos inaugurar escolas, sortear apartamentos e participar da plenária de número 100 do Orçamento Democrático. É importante a participação do povo nas audiências do orçamento, instrumento consolidado de democracia”, concluiu.

Cerca de 950 veículos trafegam, diariamente, pela PB-030. A rodovia passou por terraplenagem em cortes e aterros, pavimentação em concreto betuminoso, construção de ponte com 30 metros de vão, bueiros, drenagem profunda e superficial, cercas, paisagismo, sinalização horizontal e vertical.

“Hoje vemos a chegada da 123ª estrada entregue por este Governo, que é, sem dúvida, o que mais fez estradas na Paraíba. Daqui para o início de maio todas as cidades do Estado estarão interligados por asfalto. Cada estrada significa mais agilidade e desenvolvimento para as regiões”, afirmou o superintendente do Departamento de Estradas de Rodagem (DER), Carlos Pereira.

Para o secretário de Infraestrutura, Recursos Hídricos, Meio Ambiente, Ciência e Tecnologia, João Azevedo, “as estradas representam o compromisso que esta gestão assumiu com a melhoria de vida da população. Elas facilitam o deslocamento e a logística de transporte”.

O presidente da Assembleia Legislativa, Gervásio Maia, parabenizou o Governo do Estado por mais esta estrada entregue aos paraibanos. “A Paraíba vem se desenvolvendo em todos os campos. São estradas, hospitais, escolas, tudo em benefício do povo. Essa estrada mostra que quando se tem vontade e coragem é possível fazer muitas obras”, disse.

“Quero dizer muito obrigado ao governador pela atenção que ele dá ao nosso município. O povo sonhava e pedia muito essa estrada. É uma obra de tamanha grandeza que beneficia Pedras de Fogo e outras cidades da região. Em maio, o nosso município completa 63 anos e esta rodovia é um presente antecipado do Governo do Estado para os moradores”, comemorou o prefeito Dedé Romão.

Hospital de Santa Rita


Nesta quinta-feira, o governador também esteve em Santa Rita, onde inspecionou as obras do Hospital Metropolitano Dom José Maria Pires, que será especializado em áreas como cardiologia e neurologia. No Hospital estão sendo investidos quase R$ 80 milhões na parte física com recursos do Tesouro Estadual e Federal.

Na ocasião, o governador reforçou a relevância desta unidade de saúde para a população paraibana que terá um serviço de referência em cardiologia e neurologia. “Este Hospital representa um grande investimento, sendo quase R$ 80 milhões na estrutura, R$ 60 milhões de equipamentos, ou seja, R$ 140 milhões e ainda um custeio de R$ 16 milhões por mês. É um equipamento complexo que vai ser referência em neurologia e cardiologia, que causam muitas mortes de paraibanos”, falou.

A diretora-superintendente de Obras do Plano de Desenvolvimento do Estado (Suplan), Simone Guimarães, explicou que a obra está 56% concluída e deve ficar pronta em dezembro deste ano.

O Hospital Metropolitano Dom José Maria Pires possuirá 11 salas de cirurgias e 229 leitos, sendo 3 de Emergência, 41 leitos de Observação (Vermelha e Amarela), 125 de Enfermaria (Adulto e Pediátrico) e 60 leitos de UTI (Adulto e Pediátrico). As Unidades de Terapia Intensiva serão divididas em UTI neurocirúrgica, UTI AVC, UTI cardiológica e UTI pediátrica cardio/neuro



Assessoria

Comente aqui com o Facebook: