Últimas Notícias

domingo, 9 de abril de 2017

População de Conceição e de outras 3 cidades sofre com banco sem operações com dinheiro

A agência do Banco do Brasil na cidade de Conceição, que foi alvo de assalto no dia 16 de agosto do ano de 2016, ainda não tem sequer uma cédula de R$ 2 para movimentação financeira. A grande maioria das operações financeiras está sendo feita na agência dos Correios.

Alguns clientes da agência do Banco do Brasil de Conceição precisam se deslocar para cidades vizinhas, a exemplo de Itaporanga, que fica a 54 quilômetros, para conseguir sacar dinheiro e a queda provocada na economia tem assustado os comerciantes locais, pois quando as pessoas se deslocam para outras cidades, para efetuarem saques, por exemplo, acabam fazendo compras e deixando parte do que seria circulado no município em outras cidades.


“O dinheiro em circulação no município diminuiu de forma drástica. As pessoas precisam se deslocar, inclusive com gastos, e acabam deixando parte desse dinheiro, que aqueciam a nossa economia, noutros centros. Isso dificulta na hora de cumprirmos os nossos compromissos, pois o dinheiro chega fracionado na hora em que alguns dos nossos clientes veem pagar suas contas”, reclamou um comerciante local.

Desde a data do assalto, onde parte da agência ficou totalmente destruída, as operações funcionam de forma precária, o que vem causando enormes prejuízos à população dos quatro municípios.

Um manifesto, organizado pelos vereadores das cidades de Conceição, Ibiara e Santa Inês, na manhã do último dia 31 de março, pediu providências para a reabertura da agência do banco do Brasil da cidade de Conceição, que se encontra funcionando de forma precária, desde o assalto ocorrido no dia 16 de agosto do ano de 2016. O manifesto, que aconteceu em frente da agência, reuniu também diretores e professores de escolas do município de Conceição, bem como o pároco da cidade de Conceição e profissionais liberais.

Ao usar da palavra na audiência pública,o prefeito de Ibiara, Nenivaldo Barros explicou que muitas vezes estava sendo obrigado a se deslocar para outras cidades, a exemplo de Itaporanga, para resolver problemas do município junto ao banco do brasil. Segundo o prefeito, o mesmo vem ocorrendo com as pessoas das quatro cidades, que dependem da agência do banco na cidade de Conceição.

Ao portal Vale do Piancó Notícias a gerência do Banco do Brasil de Conceição explicou que uma licitação foi realizada e os serviços de reconstrução da agência serão iniciados ainda neste mês de abril. De acordo com a gerência, uma empresa da Bahia será responsável pela obra e os serviços da conclusão da reforma não devem demorar e que serão iniciados ainda neste mês de abril.

O assalto

A população de Conceição viveu um verdadeiro pânico, na madrugada do dia16 do último mês de agosto. Por volta das 2h, uma quadrilha, fortemente armada, explodiu o cofre da agência do banco do Brasil, localizada no centro da cidade e levou todo o dinheiro. As explosões acordaram e aterrorizaram a população.

De acordo com informações de populares, que moram próximos ao banco, os assaltantes chegaram na cidade em dois veículos, enquadraram vários jovens que se encontravam na avenida Solon de Lucena, pararam e enquadraram um jovem estudante, que passava pela avenida em um veículo Gol e seguiram para o banco, onde desceram e começaram a explodir o cofre, que fica na parte da frente da agência. Em seguida, eles fugiram em duas caminhonetas, deixando o veículo do jovem estacionados em frente ao banco, com o sinal de alerta ligado. Todos os reféns, que ficaram em filas, posicionados para interditar a avenida, foram liberados.




Por Gilberto Angelo

Comente aqui com o Facebook: