Últimas Notícias

Veja as Manchetes!

sexta-feira, 21 de abril de 2017

Justiça de Piancó decreta prisão preventiva de médico, mas ele continua hospitalizado

O juiz criminal de Piancó, Diego Garcia, decretou, na manhã desta quinta-feira, 20,  durante audiência de custódia, a prisão preventiva do médico José Francisco Lopes, conhecido como Dr. Chico Fana, de 72 anos, que foi autuado em flagrante por estupro pelo delegado Rodrigo Pinheiro.

O médico foi preso na tarde dessa quarta-feira, 19, por policiais civis depois que uma mãe, moradora de Nova Olinda, denunciou que sua filha de 12 anos havia sofrido violência sexual por parte do médico durante uma consulta no hospital infantil de Piancó. A criança apresentava sintomas de um quadro alérgico e foi isso foi levada ao hospital. 


Após a prisão, o médico passou mal e foi internado em um hospital particular. Ele foi ouvido pelo delegado no hospital e negou o crime sexual, afirmando que tocou as partes íntimas da criança para saber se ela tinha alguma íngua. Um procedimento médico estranho, conforme o delegado, tanto que a menina reagiu com movimentos corpóreos de rejeição ao toque do médico. Revoltada e constrangida, a mãe não teve dúvidas da violência sexual e procurou a delegacia. O acusado chegou a pedir a ela para não levar o caso à polícia.

O juiz decretou a prisão do médico e, depois que ele recebeu alta, foi levado pela polícia para exame de corpo delito, procedimento comum antes do encaminhamento do preso à cadeia pública, mas, durante o exame, o acusado voltou a se sentir mal e novamente foi hospitalizado, agora no hospital regional. Em seu relatório, o magistrado relata que há citações no inquérito de que esse tipo de conduta do médico pode ter ocorrido mais de uma vez.
            
Depois de deixar o hospital, o médico será recolhido à cadeia de Piancó, mas seus advogados estão buscando a liberdade provisória para o acusado, que atua há décadas na medicina de Piancó e região.



Folha do vali

Comente aqui com o Facebook: