Últimas Notícias

segunda-feira, 17 de abril de 2017

Fábio Brito: “Benefícios não alteraram pleito”

O advogado do governador Ricardo Coutinho (PSDB), Fábio Brito, sustentou, nesta segunda-feira (17), durante julgamento no Tribunal Regional Eleitoral da Paraíba (TRE-PB), que os benefícios concedidos pelo socialista, no Caso PBPrev,  não alteraram o pleito eleitoral.

De acordo com Fábio Brito, os beneficiados somam apenas 0,05% do eleitorado paraibano e, portanto, não teriam  assegurado a Ricardo Coutinho a vitória em 2014. “Se apegam a esse dado como tábua de salvação. Que 1.658 aposentados e pensionistas tenham a capacidade de alterar o resultado da eleição.
Isso representa 0,05% do eleitorado apto a votar em 2014. Esse número de pessoas, sob qualquer perspectiva de visão, seria incapaz de produzir qualquer realidade  que motivasse a alteração do resultado do pleito de 2014”, argumentou.

Ainda segundo Fábio Brito, o presidente da PBPrev, Ramalho Leite, agiu dentro das normalidades e sob a chancela do conselho do órgão.

“Como é que se pode afirmar que Ramalho Leite agiu em desacordo com a vontade de um conselho plural quando esse mesmo conselho aprovou e chancelou todos os seus atos mais adiante”, afirmou Brito.




Por Roberto Targino

Comente aqui com o Facebook: